segunda-feira, 4 de novembro de 2013

O Grito do SILÊNCIO


É muito duro lidar com as "verdades" diferentes do dia a dia.

É muito difícil quando se gosta de um amigo e o vê "errando" sabendo que está numa inverdade e não dá pra fazer nada...

Dificuldade maior é quando ele não abre a brecha e você é obrigado a deixar ir...
... simples assim, DEIXAR IR.

Dói quando vejo que isso envolve outras pessoas e a melhor coisa é realmente se afastar...


O SILÊNCIO se faz maior...
Isso traz uma mágoa que acredito se apagar com o tempo.

Dói quando este ato implica em informação cultural distribuído a outras pessoas com sede do saber...


O SILÊNCIO se faz maior...

SILÊNCIO se faz presente até na dança...
...para refletir...

Então sigo meu caminho solitário, sem medos e convicto do que penso.

Não há nada melhor que o TEMPO para mostrar aos sedentos por conhecimento quem tinha a razão, mas poderá ser tarde demais...


O SILÊNCIO se faz maior...

...o GRITO DO SILÊNCIO...