sábado, 20 de junho de 2015

Língua de Fogo!

Não dá pra ser mesquinho, rir como a Monalisa, ou mesmo dar um sorriso em qualquer situação quando não sou consoante aquilo apresentado. Ou apenas dar um tapinha nas costas enquanto maldiz a pessoa.

Para muitos virei "blasé", metido, arrogante e "dono da verdade". Ah se fosse isso tudo... teria uma legião de seguidores! E como se esta fosse minha missão aqui: ter seguidores! Nem Jesus, o Cristo eu sou! Estou distante disso!

Penso numa palavra muito forte que busco sim nas pessoas: caráter. O dos bons! Pois este atributo tem em todas as direções e segmentos... bons e ruins!

Na arte em geral, quando se necessita convivência se descobre isso. Quando se envolve em trabalhos que necessitam de interrelacionamentos, se vê as facetas muitas vezes mascaradas no seu real intuito.

E é assim, com estes relacionamentos que julgo o meu caráter e seleciono quem quero ao meu lado, em meu círculo.

Então para poucos, e ainda bem, sou sincero, transparente e verdadeiro naquilo que penso e falo. Os afins se atraem e somos testados quando dentro destes afins, uma ovelha dita negra lhe testa, lhe instiga e te faz pensar.

Sempre será assim... testando conhecimentos e praticando-os.

Infelizmente, ou felizmente mesmo, ainda é preciso aprender a "entrar no ninho das cobras (quando necessário), a beber com elas e sair de lá sem estar envenenado". Este é um dito que uma amiga cigana, Magali Ristich (acho que era este seu sobrenome), que já não está aqui, me falou há muitos anos atrás. E faz muito sentido!

Chegar aos 50 anos com estes aprendizados será muito bom! Me faz lembrar também aquilo que meus pais tentaram me ensinar na fase de formação de caráter, fase fundamental na educação de uma criança; e muito abandonada nos dias de hoje.

E fica assim... Se falo eu não presto e se não falo sou pior ainda. Então falarei quando necessário e se for para benefícios e não me machucar sem necessidade.

Cada um escolhe seu caminho, pois a mentira, a hipocrisia, falsa humildade, cara de pau, intolerâncias diversas, mau caratismo, charlatanismo e mesquinharias definitivamente não fazem parte de meu acervo de vida! Já me bastam aqueles que preciso encarar eventualmente em minha vida!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mantenha contatos comigo deixando aqui seus comentários e seus contatos.