quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Brilhar vem de dentro

Como não mencionar esta senhora, mãe, maestra, conselheira para alguns e carrasca para outros? Será?

Olga Maria Marcioni mais conhecida como La China, tem uma história muito singular com o Flamenco.

Há alguns anos tivemos uma conversa informal na Feira Flamenca de São Paulo e tive o prazer de descobrir mais ainda este tesouro que espero e desejo que aqueles que passaram por suas mãos nunca a esqueçam!

Fui para visitá-la porque estava recém operado e não podia fazer aulas. La China me colocou em sua sala para assistir suas classes e me emocionei pois jamais esperava essa atitude depois de tantas bordoadas que levei de muitos profissionais renomados desta arte.

Nos cursos que fiz com ela, errei muito, escutei muito, fui muito cobrado na técnica, no ouvido e naquilo que ela queria ensinar. Acima de tudo, aprendi mais com ela fora de sala. Nossos papos, as opiniões de uma mulher sapiente com a vida, com a arte e com sua própria história.

Parte de minha vida, minhas escolhas e minhas atitudes devo a La China. Não a copio, mas descobri que penso como ela em muitas situações.

Seus exercícios valem até hoje e me entristeço quando vejo que muitos esqueceram e outros desprezam.

Muitos dos astros flamencos de hoje passaram por sua sala de aula.

Mas o mais bonito é que a ela se importa que o Flamenco exista e resista, que sua alma e sua estrutura não sejam abandonadas, que siga no decorrer da vida, modernizado, mas com os pés nas raízes.

La China, só posso agradecer tudo o que você tem feito comigo estes anos todos... mesmo à distância e em poucas correspondências que tivemos antes da facilidade da internet e agora pela mídia social. Oxalá nos esbarremos de novo!

Muito de minhas aulas, meu jeito de ensinar e de meus exercícios são seus, algumas coreografias ainda lembro e ensino com orgulho aos alunos e ainda digo a quem pertence!

Você é um dos marcos fundamentais em meu trabalho e merece destaque especial em minha vida, em meu blog.

Agradeço ao Universo ter me proporcinado te conhecer e ainda manter contatos.

La quiero mucho! 

3 comentários:

  1. Ricardo,

    o primeiro Festival de Flamenco que fui, em S. José dos Campos, La China estava dando curso, e eu não tinha grana para gancar.. então, no último dia ela abria uma porta da sala que dava para 'a rua', e fomos olhar.
    Ela esava dando bulerías, e nos viu fazendo a aula de tênis, no cimento. Nos olhou com aquela cara de 'La China' e disse: se querem aprender, venham para a aula!' É claro que eu fui!

    Depois, a vida ficou mai$ doce,e pude fazer outras aulas com ela. Carrego tudo no coração.

    Fantástica La China!

    ResponderExcluir
  2. Ricardo Samel.
    Gracias nuevamente. Verdad es....que alumnos y personas como tu,hacen que yo siga ayudando en la enseñanza de este Arte tan complicado como hermoso, además de tener el misterio de atraparte cada día que pasa, y si sigues, te encierra de tal manera que ya no puedes ni quieres salir,lo único que deseas es saber cada día más y cuando te das cuenta hasta el día antes de partir.....quieres seguir aprendiendo.Ustedes son el motor por el que yo sigo,quizás ahora de una manera un poquito diferente quizás ahora...ahondar más en la teoría,por supuesto:sin dejar la práctica pero tratando que la teoria sea entendida para que cuando a la practica se llegue, todo sea mas facil.Sigo siendo la misma gruñona, pero con todo el amor y el respeto que el alumno me merece.Muchas veces digo que no quiero más entrar en un estudio a dar clases,mi frase....estoy cansada!!!!
    pero cuando ya estoy dentro hayyy..... no quiero salir.Gracias mi alumno querido Ricardo,ojalá....ya te lo e dicho,volvamos a vernos, me daría muchísimo gusto.Te quiero......Te quiero

    ResponderExcluir
  3. Ela é excepcional. Deslumbrante, intensa Exigente e ao mesmo tempo doce Quanto mais chata e agressiva é porque voce pode ainda mais. E ao final, aparen temente voce ganho e no fundo do quintal foi Ela... Mais para saber isso voce devería conhecer seu Interior
    Uma beleza que nos aconteceu

    ResponderExcluir

Mantenha contatos comigo deixando aqui seus comentários e seus contatos.